Poder

Contratada na gestão Braide por R$ 23 milhões, atrasa salários de funcionários

Com um faturamento milionário, a Transporter Segurança Privada não está cumprindo com as Leis trabalhistas.

A empresa de vigilância vem atuando na Prefeitura de São Luís desde a gestão de Edivaldo Holanda Júnior e já movimentou quase R$ 100 milhões em 6 anos (reveja aqui).

O governo de Eduardo Braide renovou o contrato R$ 23.660.973,60, mas a Transporter não está repassando os valores aos funcionários.

Denúncia enviada ao Blog do Neto Ferreira afirma que a empresa está devendo 2 meses de salários aos trabalhadores que atuam na Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e ainda não tem previsão para a regularização salarial.

Procurada pelos funcionários, a Semed alega que a Transporter não entregou as documentações necessárias para fazer os repasses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários