Poder

Dono da Editora Florescer usou filhos e esposa em esquema de fraudes em Prefeituras do MA

Demerval Viana Pinheiro, empresário e dono da Editora Florescer, usou os nomes da esposa e dos filhos em esquema de fraudes em licitações em Prefeituras maranhenses.

A informação consta em um relatório produzido pelo Tribunal de Contas da União (TCU) como resultado de uma investigação sobre a empresa.

Segundo o documento no qual o Blog do Neto Ferreira teve acesso, Demerval montou um grupo de empresas para simular cotações de preços em processos licitatórios municipais do Maranhão, mas somente a Editora Florescer comparecia às sessões e se sagrava vencedora das licitações.

Dentre essas empresas estão a T.G Aranha e D.L.F. Comércio e Distribuidora.

De acordo com o TCU, Tatiana Guterres Aranha é a única sócia da T.G.Aranha e reside no mesmo endereço de Demerval Viana Pinheiro e é mãe de outros dois sócios de empresas do grupo Florescer, Davi Aranha Pinheiro e Luiz Felipe Aranha Pinheiro.

Além disso, a esposa do empresário também está no quadro societário de outras empresas do grupo.

O Tribunal de Contas da União explicou ainda que o vínculo pôde ser confirmado pelo fato de que Rodrigo Otávio Guimarães, que, segundo dados da RAIS, era empregado da empresa Florescer, foi quem, em nome da T. G. Aranha, apresentou a proposta comercial no Pregão Presencial 68/2016-CPL, realizado pela Prefeitura Municipal de Barra do Corda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários