Poder

Bomba! Justiça aceita Ação contra Construtora Astros por esquema em licitação

O juiz da Comarca de Olinda Nova, Huggo Alves Albarelli Ferreira, aceitou a Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra a Construtora Astros, localizada em Pinheiro.

A ACP foi proposta pelo Ministério Público que apontou uma série de irregularidades em procedimento licitatório da Prefeitura de Olinda Nova, durante a gestão do ex-prefeito Costinha (reveja aqui).

Para o MP, houve direcionamento de licitação para beneficiar a empresa de Ernestino de Assunção Moraes Neto e Rafael Christian Soares Moraes.

Segundo o juiz, as possíveis irregularidades apontadas pelo Parquet são motivos, sim, para o recebimento da ACP com a finalidade de apurar devidamente os fatos.

“Ademais, os documentos que acompanham a peça exordial corroboram as alegações do Parquet e são indícios de possíveis atos de improbidade administrativa praticadas pelas parte requeridas e apontadas pelo Ministério Público, de modo que se faz necessário a instauração do regular processo, visando averiguar a vereacidade das alegações”, enfatizou o magistrado.

Desde 2013, a Construtora Astros vem movimentando contratos milionários em Prefeituras e no Governo do Maranhão.

O Blog do Neto Ferreira apurou que em 7 anos, a empresa abocanhou R$ 19.877.531,97 milhões em obras públicas ( releia).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários