Poder

“Se for necessário lockdown, nós faremos”, afirma Dino após avanço da Covid-19 no MA

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (29), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), revelou dados do crescimento de números de casos da Covid-19 no Estado e afastou a possibilidade de decretar um lockdown nesse momento.

Porém, Dino frisou que todas as medidas restritivas para conter o avanço da doença estão sendo analisadas. “Se for necessário decretar lockdown, nós faremos”, disse.

A taxa de contágio no Maranhão está em 1,37. Quando o valor está acima de 1 significa tendência de crescimento. “A minha prospecção é de que o lockdown não será necessário, a minha visão, mas vamos aguardar”, avaliou o governador.

Ainda de acordo com o governador, a variante do novo coronavírus descoberta em Manaus já deve estar circulando no Maranhão.

“Não há ainda discussão científica de que essa nova variante aqui está, mas há uma intuição, uma leitura empírica de que, provavelmente, já está disseminado em todo o território nacional”, disse.

Segundo Dino, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) avalia que o Maranhão já convive com a nova variante do coronavírus. “Esta variante está presente sim em nosso Estado”, afirmou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em ““Se for necessário lockdown, nós faremos”, afirma Dino após avanço da Covid-19 no MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Anaildo

    Com o salário que o governador tem, eu queria lockdown o ano todo .

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários