Poder

TRE valida votos de Cleiton e Lima cai para a primeira suplência da Câmara de Colinas

A primeira lista de vereadores eleitos divulgada pela Justiça Eleitoral em Colinas no dia 15 de novembro logo após a apuração dos votos teve mudanças.

Cleiton do Hospital (Republicanos), que concorreu sub judice, por conta de uma alegada inelegibilidade, não teve os votos computados na primeira lista. Com isso, o último que configurou como eleito do mesmo partido de Cleiton foi o vereador decano Dr. Lima, que agora vai para a primeira suplência.

Semana passada a Procuradoria Regional Eleitoral já havia se manifestado pelo deferimento da candidatura de Cleiton do Hospital e hoje, dia 1º de dezembro, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral, em julgamento virtual, seguiu o parecer da PRE e anulou por 6 x 0 a sentença do juiz da 29ª Zona Eleitoral de Colinas que indeferiu o registro do republicano. Desse modo, Cleiton do Hospital é o mais novo vereador de Colinas.

Na câmara desde 1992 quando se elegeu pela primeira vez, o advogado Sezóstris Francisco Paé Lima, o Dr. Lima, não figura na lista de eleitos depois de sete mandatos consecutivos como vereador e 4 mandatos também consecutivos como presidente da Casa. Tranquilo, em contato com o editor do blog na manhã de hoje o decano se disse satisfeito com o resultado e até brincou: “Estou na porteira, com as chaves na mão. O primeiro que sair eu mergulho pra dentro. Parabenizo o vereador Cleiton pela conquista. Me sinto feliz e continuo firme e mais forte na política porque isso me serviu também como aprendizagem”, disse.

Com a entrada de Cleiton do Hospital, a câmara colinense vai ter mais de 50% de renovação para a próxima legislatura. Confira abaixo a nova lista dos reeleitos e dos novatos.

Reeleitos:

Régia Barroso (PCdoB) – 898 votos

Walterly Munis (Republicanos) – 883 votos

Renato (Republicanos) – 833 votos

Stênio DD (PSC) – 770 votos

Fábio Dourado (Republicanos) – 770 votos

Filomeno (PSC) – 477 votos

Novatos:

Valberlene (Republcanos) – 1.333 votos

Karol do Júnior Costa (Republicanos) – 1.014 votos

Léo do Banco (PSC) – 978 votos

Cleiton do Hospital (Republicanos) – 655 votos

Tontonho (PSC) – 559 votos

Manoel do Pavio (Cidadania) – 416 votos

Sibito (Cidadania) – 382 votos

Em tempo: com a queda de Lima, que com certeza caso tivesse sido eleito ia tentar o quarto mandado como presidente da Casa, o agora decano, vereador Walterly Munis, que vai para o quarto mandato consecutivo, já costura entre seus pares e demais aliados sua candidatura para a presidência do legislativo colinense.

“Tenho experiência e nosso grupo tem a maior bancada, com nove vereadores. Se for da vontade de todos os colegas e dos demais líderes do nosso grupo, coloco sim meu nome à disposição para a presidência da Casa”, disse.

Do Blog do Badeco


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários