Poder

Lucas Porto tem julgamento marcado pra fevereiro

Quatro anos após ser preso pelo estupro e assassinato da jovem publicitária Mariana Costa, o empresário Lucas Porto será finalmente julgado em 24 de fevereiro de 2021, segundo decisão da Justiça. Ele está preso desde 2016 no Complexo Penitenciário de Pedrinhas após ter confessado os crimes.

Mariana Costa era sobrinha-neta do ex-presidente da República e ex-senador José Sarney e foi encontrada morta em casa com sinais de violência sexual e asfixia, o que após laudo do IML e investigações da Polícia Civil foi comprovado como causa da morte.

Apontado como principal suspeito desde o início das investigações, Lucas Porto era cunhado da vítima, casado com sua irmã. Ele responde pelos crimes de estupro, homicídio e feminicídio, agravante por se tratar de violência de gênero.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários