Poder

Portela é denunciado à Polícia Federal por abuso de poder

O secretário estadual de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela, foi denunciado à Polícia Federal e à Justiça Eleitoral, em São Luís, por suposto abuso de poder.

Portela é acusado pela coligação “Dom Pedro Pode Mais” de usar o seu “poder” para intimidar opositores durante um evento político realizado no domingo (8) em Dom Pedro.

Segundo a Representação obtida pelo Blog do Neto Ferreira, em discurso inflado, o chefe da SSP chegou a afirmar que não irá deixar ninguém “roubar” as eleições do seu candidato a prefeito, Galego Mota (reveja aqui).

“Ninguém irá roubar as eleições do Galego. Nós não vamos deixar! Não adianta se esconder para querer roubar, não! Porque vai direto para gaiola, não tem conversa!”, esbravejou o auxiliar do governo Flávio Dino.

Ainda de acordo com a denúncia protocolizada junto à Polícia Federal e na Justiça Eleitoral, há indícios de que a Polícia Militar está sendo usada para perseguir os correligionários do candidato a prefeito Leonardo Paz, por meio de blitz, onde são apreendido veículos ligados ao político opositor. “Tal política persecutória não faz parte de decisão do Comando local, e sim do próprio Secretário de Segurança Pública”, garante a coligação “Dom Pedro Pode Mais”.

Veja a Representação aqui

O Blog tentou entrar em contato com o Jefferson Portela, mas não obteve sucesso. O espaço continua aberto para maiores esclarecimentos e a parte denunciada poderá enviar a sua resposta para o WhatsApp 98756-1819 ou para o e-mail: blogdoneto@live.com.

Veja o vídeo abaixo que motivou a Representação contra o titular da SSP:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Portela é denunciado à Polícia Federal por abuso de poder”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. jose alves

    quero ver qual será a atitude do procurador eleitoral do MPF, haja vista que o mesmo tem como sua esposa secretaria estadual nomeada por Flavio Dino.
    Além de abuso de poder, temos o crime de peculato (vez campanha utilizando veículo oficial e combustível do Estado), bem como é ato de improbidade administrativa, por violação aos princípios da moralidade, legalidade e impessoalidade.

  2. carlos sergio

    Essa representação não vai dar em nada. Vai terminar em pizza.
    Aqui no Maranhão vigorá o seguinte provérbio: “AOS AMIGOS TUDO, AOS INIMIGOS OS RIGORES DA LEI”.

  3. Geovane

    MPF não vai fazer nada! Estão aliados aos comunista safado

  4. Paulo Roberto

    O super,mega, intergalático secretário de segurança estava aqui em
    Dom Pedro em carros do Estado (próprios e/alugados), combustíveis e seguranças mantidos pelo contribuinte. Isso é IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA e PECULATO. Reage Ministério Público…ou só processa pobre?!!!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários