Poder

Gestão de Assis Ramos é investigada por indícios de irregularidades em contratos

A gestão de Assis Ramos está sendo alvo de um inquérito criminal por supostas irregularidades em contratos em Imperatriz.

A investigação foi instaurada pela Procuradoria Geral de Justiça(PGJ) e está a cargo do promotor Ednarg Fernandes Marques, assessor especial da PGJ.

Segundo o documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, a abertura do Procedimento Investigatório Criminal se é o resultado da necessidade da continuidade das investigações que se iniciaram com a Notícia de Fato nº. 007130-500/2020.

Ainda de acordo com a PGJ, as irregularidades se deram em contratação de empresas para prestação de serviços de manutenção, transporte, segurança na Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra).

O PIC tem prazo de conclusão de 90 dias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários