Poder

“Como estão, não ficarão mais”, diz secretário de Flávio sobre espaços do PDT no governo

Um secretário do governo Flávio Dino (PCdoB) revelou, em uma conversa reservada ao Blog do Neto Ferreira, que o PDT irá perder espaços na estrutura governamental após as eleições da capital maranhense.

O interlocutor afirmou que as mudanças ocorrerão em um futuro bem próximo. “Agora, não! Mas, depois das eleições, as coisas como estão, não ficarão mais!”

A insatisfação palaciana foi motivada após o senador Weverton Rocha, presidente do PDT no Maranhão, o deputado e ex-candidato a prefeito, Neto Evangelista (DEM), e outras lideranças da base governista declararem apoio a Eduardo Braide (Podemos) no 2º turno.

Dino, que achava ser o líder do grupo e não somente um governador, amarga uma insatisfação profunda após os “aliados de primeira hora” negaram participar da campanha de Duarte Júnior (Republicanos).

O racha veio à tona com a reportagem revelando o acordo feito para que o PDT, de forma indireta, apoiasse o opositor do governo em São Luís (reveja aqui).

E uma das condições que levou o PDT a caminhar em sentido contrário do Palacio dos Leões será o apoio de Eduardo Braide para Weverton Rocha ao governo em 2022, ajudar a reeleição do vereador Osmar Filho para presidência da Câmara de São Luís e uma secretaria para o Democratas, que indicará um vereador e assim, abrir uma vaga para o primeiro suplente Ricardo Diniz assumir.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em ““Como estão, não ficarão mais”, diz secretário de Flávio sobre espaços do PDT no governo”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. carlos

    e assim ele vai cavando o próprio buraco.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários