Poder

Prefeita de Santo Amaro é investigada por contratar funcionários fantasmas

A prefeita de Santo Amaro, Luziane Lopes Lisboa, está no bojo de um inquérito criminal instaurado pela procuradoria Geral de Justiça (PGJ).

A investigação foi motivada por indícios de irregularidades na contratação e pagamento de servidores públicos municipais, bem como a existência de funcionários fantasmas na Prefeitura da cidade.

O Procedimento Investigatório Criminal está sob a responsabilidade do promotor de Justiça Pedro Lino Silva Curvelo, assessor da PGJ, que converteu a Notícia de Fato nº. 009936-500/2020 em PIC para aprofundar as informações já colhidas no âmbito do processo.

O prazo de conclusão das investigações é de 90 dias, podendo se estender. Caso, encontre dados que comprove o ato ilegal, o Parquet irá denunciar à Justiça a prefeita Luziana Lopes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários