Poder

MP reafirma que Artur Farias não pode ser candidato em Guimarães

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), manifestou-se contrário ao registro de candidatura de Artur Farias para o pleito eleitoral deste ano, enfatizando sua inelegibilidade apresentada na corte de contas, o TCE-MA.

Na manifestação, o promotor de Justiça Eleitoral, Reinaldo Campos Castro Júnior, ainda caracterizou como os últimos fatos que envolvem o TCE, como “decisões contraditórias e no mínimo juridicamente e administrativas ‘estranhas’”, mesmo não entrando no mérito dessas questões.

Vale lembrar que Artur Farias vem tentando anular a sessão parlamentar da Câmara Municipal de Guimarães que o tornou inelegível, sem sucesso, já que o poder judiciário tem, continuamente, reconhecido sua inelegibilidade.

Com o MPMA se manifestando contrário, nos próximos dias a candidatura do ex-prefeito deverá ser impugnada pela Justiça Eleitoral, reconhecendo todas as manifestações contrárias ao seu direito de participar do pleito eleitoral.

Enquanto isso, e mesmo sabendo disso, Artur Farias segue enganando o povo de Guimarães dizendo que é candidato a prefeito, e ainda diz ser perseguido, sendo que o motivo pelo qual o próprio não pode disputar é de única e exclusiva responsabilidade sua.

Veja aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários