Poder

Sementes misteriosas chegam ao Maranhão, diz AGED

O Maranhão notificou o primeiro caso de recebimento das ‘sementes misteriosas’. O caso foi notificado na terça-feira (6), pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA). Em todo o país, mais de 23 estados e o Distrito Federal já registraram casos semelhantes.

O pacote foi recebido pelo correio por uma moradora do bairro São Francisco, em São Luís. Ela afirmou que recebeu o produto sem ter feito nenhuma compra ou solicitação. Ao perceber que se tratava das sementes, ela encaminhou o pacote sem violação, para o setor de Defesa e Inspeção Vegetal da AGED.

A AGED recomenda que em caso de recebimento das sementes misteriosas, a população não viole a embalagem, não descarte em cursos d’água ou junto do lixo comum. Além disso, a orientação é que as sementes não sejam plantadas, mesmo que o conteúdo descreva uma semente de fruta popular.

Os pacotes devem ser encaminhados imediatamente à Superintendência Federal de Agricultura do Maranhão (SFA/MA) ou a sede da AGED. Caso não tenha um escritório da agência na região, o cidadão pode ligar para a Ouvidoria da AGED (98) 999132-0441 ou da SFA-MA/MAPA (98) 3131-3407.

Sementes sob investigação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), afirmou que a origem das embalagens é de países asiáticos, como China e Malásia. Após análises nas sementes, foram encontrados fungos, ácaro e até possíveis plantas daninhas nas sementes misteriosas enviadas a moradores do país.

O governo afirma que os pacotes “supostamente” foram enviados de 4 países da Ásia. Moradores de Estados Unidos e Canadá também registraram casos semelhantes. A suspeita do governo brasileiro é que seja uma fraude relacionada ao comércio on-line.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários