Poder

Sem aulas, gestão de Paula da Pindoba vai gastar R$ 5,3 milhões em transporte escolar

Com aulas suspensas em Paço do Lumiar devido ao novo coronavírus (Covid-19), a gestão de Paula da Pindoba pretende gastar cifras milionárias com a locação de veículos para o transporte escolar.

A Prefeitura divulgou o resultado do Pregão Presencial que teve como vencedoras as empresas Moriá Transportes e Locação, J. Iris Transportes e Serviços, Conserv Construções e Serviços, G.C.S Equipamentos e Construções, e a Construtora Digão Eireli.

O valor total chegou a R$ 5.383.138,50 milhões.

Desse montante, a empresa de São Luís, G.C.S Equipamentos deve receber R$ 2.661.828,00 milhões. O maior valor entre as licitantes.

Já a Moriá Transportes, também localizada em São Luís, ficou com o montante de R$ 1.195.772, 50 milhão.

A Construtora Digão, de Chapadinha, deverá faturar dos cofres públicos luminenses R$ 1.007.088,00 milhão.

A J. Iris Transporte vai lucrar R$ 329.520,00 mil e a Conserv R$ 188.930,00 mil.

As empresas atuarão no transporte escolar de Paço do Lumiar por 12 meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários