Poder

Estelionatária é presa após se passar por oficial de Justiça em Vargem Grande

Uma mulher, identificada como Leotina Silva Mourão, foi presa, na quinta-feira (4), após se passar por oficial da Justiça em Vargem Grande. Um comparsa, que não teve nome divulgado também foi detido.

Segundo informações da Polícia Militar, denúncias enviadas ao “disque denúncia” da 3° CIA/28°BPM (Vargem Grande-MA), informaram que dois indivíduos estariam praticando golpes, portando documentos falsos, tais como mandado de busca apreensão e carteira funcional falsos, além disso relataram também que a dupla se encontrava em um Sandero, de placa PTI-0524.

Ainda de acordo com a PM, no dia 26 de agosto, o casal foi ao quartel solicitar apoio da Corporação para executar um mandado de busca e apreensão, constando, inclusive assinatura de um juiz federal. Na ocasião, Leotinha se apresentou como oficial de justiça utilizando crachá falso, mas que naquele momento não foi possível identificar a veracidade dos documentos apresentados.

Na quinta-feira, a dupla entrou em contato novamente com a Companhia para executar outro mandado de busca e apreensão e que se encontravam, ambos, no Posto SP, no centro de Vargem Grande.

A guarnição se deslocou até o local, quando a Leotina apresentou novamente um documento falso de busca e apreensão e se identificou novamente como oficial de justiça.

A guarnição fez busca no automóvel e encontrou outros documentos falsos, inclusive o mandado de busca e apreensão falso apresentado no dia 26 de agosto para a guarnição. Também foi encontrada uma arma de fogo.

Em virtude dos fatos, foi dada voz de prisão para a dupla.

Na ida para delegacia, a falsa oficial de Justiça ainda tentou subornar a guarnição com a quantia de R$ 1.700 mil em espécie, mas não obteve sucesso. O veículo Ranger, objeto do primeiro golpe, também foi localizado, após confissão e apresentada na delegacia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários