Poder

Aluísio Mendes tem ligação com alvos do Gaeco, acusados de corrupção

Secretário municipal de Finanças, Stefano Andrey Brandão Guida, de camisa rosa, à esquerda; deputado Aluísio Mendes no centro juntamente com o prefeito de Nunes Freire, Josimar da Serraria, que está de camisa amarela à direita.

O deputado federal Aluísio Mendes (PSC) tem forte ligação com o prefeito de Governador Nunes Freire, Josimar Alves de Oliveira, e com o secretário municipal de Finanças, Stefano Andrey Brandão Guida, ambos alvos da operação “Quarto Feliz”, deflagrada na manhã de terça-feira (15) pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, que investiga desvios de verbas no Executivo Municipal.

O Blog do Neto Ferreira apurou que no mês passado o parlamentar declarou apoio ao gestor na corrida eleitoral municipal desse ano. Mendes chegou a participar do lançamento da pré-candidatura do Josemar da Serraria, e reiterou a aliança com o grupo que comanda Nunes Freire.

Mas essa não foi a primeira vez que Aluísio se reuniu com o prefeito e os seus auxiliares. Uma foto postada recentemente mostra uma reunião que tinha como participantes o deputado federal, Josemar da Serraria, Stefano Brandão e demais secretários municipais.

É notório que Mendes mantém uma relação bastante próxima com os alvos da operação.

Investigação

No dia 15 de setembro, um cheque de R$ 400 mil foi encontrado na casa do prefeito de Governador Nunes Freire durante a operação “Quarto Feliz”.

Segundo informações do Gaeco, o cheque estava em nome do atual secretário municipal de Finanças, Stefano Andrey Brandão Guida, tendo este sido conduzido à delegacia para lavratura de TCO por ter assumido a propriedade de substância entorpecente, encontrada na casa de Josemar da Serraria, local em que estava no momento da busca.

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão nas cidades de São Luís, Governador Nunes Freire, Santa Helena, Turilândia e Zé Doca.

Os possíveis crimes de corrupção, organização criminosa, desvio e subtração de dinheiro público, ocorreram no município de Governador Nunes Freire, entre 2013 e 2016, na gestão do ex-prefeito Marcel Everton Dantas da Silva, conhecido como Marcel Curió.

Além do ex-prefeito de Governador Nunes Freire, foram alvos da operação o atual prefeito do município, Josimar Alves de Oliveira; o candidato a prefeito de Turilândia Paulo Dantas Silva Neto, o Paulo Curió, irmão de Marcel; três vereadores e secretários municipais de Governador Nunes Freire, dentre outros investigados.

Durante as buscas em endereços residenciais dos investigados e em uma das empresas – em um total de 29 – foram apreendidos documentos, veículos de luxo, 30 mil reais em cheques, computadores, tablets, celulares e notebooks.

Destaca-se que ainda foi apreendido 9 mil reais em espécie na casa do ex-secretário de educação do município de Governador Nunes Freire, João Marinho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários