Poder

PGJ abre inquérito criminal contra prefeito de Tutóia

A Procuradoria Geral de Justiça instaurou um Procedimento Investigatório Criminal – PIC para apurar indícios de irregularidades na gestão do prefeito de Tutóia, Romildo Damasceno Soares.

A investigação está a cargo do promotor de Justiça, Pedro Lino Silva Curvelo, designado pelo procurador-geral, Eduardo Nicolau, para cuidar do caso.

Segundo informações obtida pelo Blog do Neto Ferreira, Romildo está sendo investigado desde o ano passado quando foi denunciado ao Ministério Público por atos de improbidade administrativa.

O processo iniciou com a abertura de uma Notícia de Fato, que em seguida foi convertida para o PIC, devido a gravidade dos fatos.

A PGJ tem 90 dias para concluir a investigação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “PGJ abre inquérito criminal contra prefeito de Tutóia”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Povo

    Investir esses Milhões que entraram na SAÚDE, construí um Hospital novo e Postos de Saúde nós interiores, e o SAMU pra servir melhor a População de Tutóia, Fiscalização tem que ter pra ter melhorias na Saúde, População podem fazer suas Denuncias.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários