Poder

Incêndio atinge apartamento no Calhau, em São Luís

Um incêndio atingiu na noite dessa quarta-feira (19) um prédio residencial situado no bairro Calhau, em São Luís. O edifício tem 15 andares e para descer foi uma correria que os moradores tiveram que enfrentar.

A estudante Yasmin Bogéa disse que o incêndio causou uma grande confusão e muitos moradores entraram pânico com a situação. “Eu estava lá em cima e o cheiro estava muito forte. A gente pensava que era no outro apartamento e aí minha amiga e a minha babá que estavam lá não queriam descer, mas eu acabei convencendo elas a descerem, e aí a gente viu uma gritaria na descida da escada. Eu comecei a chorar quando a gente chegou aqui embaixo porque tinha muito fogo. Eu ia deixar o meu cachorro lá porque eu não sabia que era aqui, mas parece que Deus falou comigo eu trouxe meu cachorro porque senão ele estaria lá agora”.

Segundo os moradores, foi um curto-circuito no cabo de ventilador que deu início ao fogo que começou por volta das 19h30. O Corpo de Bombeiros foi acionado e aí começou uma maratona de tentativas para apagar as chamas.

O fogo começou em uma parte do apartamento. Sem água o Corpo de Bombeiros precisou esperar por um carro-pipa para conter as chamas e enquanto isso o fogo ia se espalhando para outros compartimentos.

A fumaça preta começou a ficar mais forte. Nos últimos andares alguns moradores ainda não tinham descido. A dona do apartamento, que pegava fogo, uma senhora, que preferiu não se identificar, só conseguiu sair com ajuda dos vizinhos.

A professora universitária Andréia Alac revelou que tomou um grande susto durante o incêndio no prédio. “Um susto muito grande porque eu pessoalmente estava descendo as escadas e aí o elevador abriu no terceiro andar onde foi o acidente e eu me assustei com a fumaça. Comecei a gritar ‘fogo, fogo, fogo’ e começou a estalar muito. As pessoas estavam desceram muito rápido. Acho que antes de meia hora estava todo mundo embaixo.”

Na ação do Corpo de Bombeiros, faltou água, faltou equipamentos e muitas pessoas que estavam assistindo da calçada disseram que faltou também preparo. Depois de uma hora os bombeiros conseguiram entrar no apartamento. Os bombeiros fizeram outras várias tentativas, mas nada do fogo apagar.

Em um dos momentos, por conta do o acesso difícil, e por não ter entrada para o caminhão dos bombeiros um carro estacionado teve que ser tirado com a ajuda de alguns homens que voluntariaram. Só assim, com o caminhão em outra posição e com o jato de água direcionado deu para conter o fogo que já estava no outro compartimento. Aos poucos e com muita dificuldade de acesso as equipes conseguiram com duas horas controlar o totalmente o incêndio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários