Poder

PGJ estima gastar R$ 22 milhões em manutenção predial

A Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), chefiada por Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, contratou as empresas Torquarto Fernandes Engenharia e América Consultoria Plan, ADM e Construção Civil em Geral por cifras milionárias.

Os contratos foram publicados no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Maranhão.

O Blog do Neto Ferreira apurou que as empresas contratadas executarão serviços de manutenção predial, com fornecimento de mão de obra e materiais.

Os serviços custarão nada menos do que R$ 22.661.173,44 milhões.

Desse montante, a América Consultoria, dos sócios Daniela Penha Macau e Leandro Soares Dourado, ficou com R$ 11,3 milhões e executará os serviços nas regiões 1* a 4*

Já a Torquarto Engenharia, que tem como proprietários Thomaz Henrique Oliveira Fernandes e Thiago Luís Oliveira Fernandes, deve receber R$ R$ 11,5 milhões pelos serviços realizados nas regiões de 5 a 8 .

As construtoras atuará por 12 meses no Ministério Público.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários