Poder

Contrato de R$ 1,2 milhão é alvo de investigação em Cidelândia

Contrato de R$ 1,2 milhão firmado pela Prefeitura de Cidelândia está sendo alvo de investigação no Ministério Público por indícios de irregularidades.

Documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira revela que a 2* Promotoria de Justiça de Açailândia instaurou um inquérito para apurar supostas falhas no procedimento licitatório. A investigação está a cargo da promotora Glauce Mara Lima Malheiros.

No dia 27 de junho desse ano, o Parquet recebeu um declínio de atribuição da Procuradoria da República de Imperatriz, onde consta no bojo do inquérito a apuração de possíveis irregularidades no Pregão Presencial n° 011/2017 da Prefeitura de Cidelândia, que tem como objeto a contratação de serviços para locação de veículos para o transporte escolar, tendo como vencedora a Construtora Quadrante.

A denúncia formalizada apontou a ineficácia da pesquisa de preços utilizada para a suportar a estimativa de custos apresentada pela Prefeitura d o descumprimento de normas e condições do edital.

“Tais fatos analisados em conjunto indicam irregularidades no processo licitatório que culminou na contratação da Construtora Quadrante, quanto no próprio contrato firmado entre o referido empreendimento e o Município de Cidelândia”, disse a promotora Glauce Malheiros.

A empreiteira foi contratada pelo valor de R$ 1,2 milhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários