Poder

Procuradoria investiga indícios de ilegalidades na Saúde de Imperatriz

O Ministério Público Federal instaurou um inquérito civil para apurar indícios de irregularidades na aplicação de recursos federais na Saúde de Imperatriz.

A investigação está sob a responsabilidade do procurador da República, Tiago de Sousa Carneiro.

A Portaria n° 18 foi publicada no dia 26 de junho no Diário Oficial do Ministério Público Federal.

Segundo o documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, há possíveis casos de má gestão ou aplicação de recursos financeiros federais em hospitais de Imperatriz.

Além disso, há indícios de descumprimento de obrigações contratuais financeiras pela gestão de Assis Ramos em contratos com diversas empresas.

O prazo de conclusão das investigações é de doze meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários