Poder

Alvo da PF opera na Prefeitura de Imperatriz movimentando contratos de R$ 3,6 milhões

Alvo da Operação Cobiça Fatal, da Polícia Federal, a Pleno Distribuidora vem operando em Prefeituras do Maranhão há pelo menos 4 anos.

Levantamento do Blog do Neto Ferreira apurou que uma das Prefeituras que empresa de João Antônio Martins Bringel abocanhou contratos milionários é a de Imperatriz comandada por Assis Ramos.

No Executivo imperatrizense, a investigada foi contratada por quatro vezes em menos de 2 anos pelo montante total de R$ 3,6 milhões.

Dessa quantia, R$ 1,5 milhão foi pagar a aquisição de materiais didáticos com foco no combate e prevenção de bullying, da dengue, drogas e educação para o trânsito. O contrato foi firmado em abril do ano passado.

Ainda em 2019, a mesma empresa faturou outro contrato para fornecer o mesmo produto no valor de R$ 386 mil.

Já em abril de 2020, a Pleno voltou a ser contratada, agora para fornecer materiais didáticos com assunto voltado para Educação Física pela quantia de R$ 1,5 milhão.

Dois meses depois, outro acordo contratual foi firmado, sem licitação, entre a gestão de Assis Ramos e a alvo da Cobiça Fatal no valor de R$ R$ 225 mil para entrega de termômetros.

No dia 9 de abril, o dono da Pleno Distribuidora foi alvo da operação Cobiça Fatal, da Polícia Federal, que desarticulou um esquema de fraudes na compra de máscaras pela Prefeitura de São Luís.

As operadoras do esquema seriam a Precision Soluções Diagnósticos e C.J. Comércio Saneantes, conhecida como Só Saúde, operadas em nomes de “laranjas”.

Durante a investigação, foi descoberto que a Precision e a Só Saúde e outras empresas, incluindo a Pleno Distribuidora, estariam também fraudando licitações em diversas Prefeituras do interior do Maranhão, como a de Timbiras, Lago do Junco, Cajapió e Icatu.

O juiz da 1ª Vara Federal de São Luís, Régis Bonfim, autorizou buscas e apreensão na residência de João Antônio Martins Bringel, dono da Pleno, e a quebra do sigilo bancário e fiscal tanto da empresa quanto do proprietário.

A Pleno Distribuidora fica localizada no Parque dos Nobres, em São Luis.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Alvo da PF opera na Prefeitura de Imperatriz movimentando contratos de R$ 3,6 milhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. BCAJAPIO

    O PREFEITO DE CAJAPIÓ TENTOU CENSURAR UMA PUBLICAÇÃO DE UM BLOGUEIRO LOCAL SIMPLESMENTE PORQUE O MESMO FEZ UMA PUBLICAÇÃO A RESPEITO DA INVESTIGAÇÃO DA PF,O BLOGUEIRO APENAS CITOU O QUE A PF PUBLICOU,O PREFEITO FOI LÁ E ABRIU PROCESSO CONTRA ELE,AI EU PERGUNTO PQ ESSE MEDO TODO?

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários