Poder

Pesquisa aponta Maranhão como segundo pior estado do Brasil em distanciamento social

O Maranhão é o segundo pior estado do Brasil a cumprir as medidas de distanciamento social, de acordo com a primeira etapa nacional de uma pesquisa coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O levantamento foi realizado durante uma semana, entre 14 e 21 de maio, para testar a presença da doença na população. Os dados foram obtidos diretamente por meio das respostas dos participantes ao questionário aplicado pelos pesquisadores.

Com uma taxa de 47,2% de distanciamento social, o Maranhão só ficou atrás de Alagoas, que apresentou 46,8%. Ao lado de Roraima, com 47,3%, ambos foram os únicos estados do Brasil que apresentaram taxas abaixo da metade dos entrevistados. O estado de melhor índice foi Santa Catarina, com 69%.

Vale lembrar que a Grande São Luís (Região que abrange a capital maranhense e os municípios de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar) foi a primeira do Brasil a decretar o ‘lockdown’ (confinamento obrigatório). A medida durou 13 dias no estado, que atualmente vive o processo de abertura gradual do comércio.

A pesquisa também revelou que o Brasil tem sete vezes mais contaminados por Covid-19 do que mostram as estatísticas oficiais. Levantamento fez 25.025 entrevistas em 133 municípios. Entre as conclusões está que 1,4% da população tem anticorpos para a doença.

Do G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários