Poder

Dino: ‘O próximo decreto vai determinar que passeio de jet ski é atividade essencial?’

Contrariado com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de ampliar o rol de atividades essenciais que podem funcionar em meio à pandemia, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou o Twitter na noite de segunda-feira, 11, para questionar: “O próximo decreto de Bolsonaro vai determinar que passeio de jet ski é atividade essencial?”. A alfinetada do governador faz referência ao último sábado, quando o presidente andava de jet ski no lago Paranoá, em Brasília, enquanto o País ultrapassava a marca de 10 mil mortos pela covid-19.

Em decreto publicado na edição extra do Diário Oficial da União, na tarde de ontem, o presidente autorizou o funcionamento de academias, salões de beleza e barbearias.

Judicialização

Em entrevista ao Roda Viva na noite de ontem, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmou que acredita que haverá judicialização do decreto presidencial. Anteriormente, a Corte já havia definido que governadores têm autonomia para ditar as regras sobre a quarentena nos Estados.

“O Supremo decidiu e qual foi a resposta que eu dei quando ele (Bolsonaro) foi lá no Supremo. Eu disse ‘presidente, a Constituição tem a sua repartição de competências’. E o STF decidiu de acordo com a Constituição. Cabe simplesmente um cumprimento disso. Se essa ou aquela função deve ser definida pelo município, pelo estado ou união, está definido na Constituição. Casos específicos, como o decreto de hoje, me desculpe, mas eu não vou analisar até porque é muito possível que haja alguma judicialização. Me permita não falar fora dos autos — afirmou Toffoli, negando também que tenha se sentido constrangido com a visita do presidente e de empresários ao STF na ocasião”, disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Dino: ‘O próximo decreto vai determinar que passeio de jet ski é atividade essencial?’”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José Alves

    Governador fuxiqueiro.
    Vai cuidar das upas . Pacientes estão morrendo por falta de respiradores e profissionais da saúde sem os Epis.
    Esse governador está esquecendo que as eleições para presidente será só em 2022.
    Embora governar o Maranhão.

  2. Joao Jr

    Esse governador parece uma nigrinha, que só quer saber de dá conta do marido alheio e esse o seu dentro de casa.

    Eita bicha fofoqueira.

    Deve ter ficado zangado, depois que as denuncias do Moro contra Bolsonaro foram desmentidas pelo delegado!

    Esse devia era procurar do povo do MA e esquecer Bolsonaro.

  3. junior

    Agora que o jogo entre Moro e Bolsonaro começou, torço por uma boa briga e que no final os dois percam e o povo seja o vencedor.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários