Poder

Deputado Marreca Filho usou R$ 11,8 mil em combustíveis durante a Covid-19

Apesar da suspensão de sessões na Câmara Federal desde o dia 20 de março, o deputado maranhense Marreca Filho (Patriota), gastou verba pública para abastecer o seu veículo.

Um levantamento do Blog do Neto Ferreira apurou que o parlamentar declarou ter gasto R$ 11,8 mil em dois meses, valor suficiente para encher todos os dias o tanque de um carro com capacidade para 50 litros.

A reportagem teve acesso a uma nota fiscal emitida no dia 20 de março pela empresa Pacheco Petro Ltda, da cidade de Grajaú, no Maranhão, no valor de R$ 5.964,78 mil.

Segundo a descrição do documento, o deputado abasteceu o seu veículo durante o período de 1° a 20 de março desse ano.

Em abril, durante o avanço da pandemia da Covid-19 pelo país, Marreca Filho também utilizou combustíveis e pagou com dinheiro público.

O parlamentar declarou que usou R$ 5.925,15 mil no mês passado, mesmo sem sessões na Câmara.

A verba gasta pelo deputado faz parte da Cota Parlamentar, destinada aos congressistas para pagar diversos serviços e produtos durante o mandato, como combustíveis. O cotão é custeado com dinheiro público.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Deputado Marreca Filho usou R$ 11,8 mil em combustíveis durante a Covid-19”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Anaildo

    Existe o deputado boca aberta, o deputado mamãe falei e o deputado ( o Maranhão que se exploda), mais conhecido como deputado marreca…….Meu Brasil onde as leis é uma piada.

  2. Salvador Dalí

    Esse sujeito encharcou o inmeq com funcionários de cargos comissionados. É incrível a falta de respossabilidade, para um órgão que tem 25 funcionários efetivos temos cerc9a de 48 comissionados. É claro que o inmeq não precisa mais do que 5 ou 6 comissionados. Deputado tome vergonha na sua cara.

  3. Salvador Dalí

    Esse sujeito encharcou o Inmeq/ma com cargos comissionados. A irresponsabilidade é tamanha que para um órgão com 25 funcionários efetivos , temos 48 a 50 comissionados.
    É claro q assim com tantos funcionários desnecessários o ógão fica a mingua.Tome vergonha na cara deputado.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários