Poder

Supermercados terão que diminuir atendimentos, diz decreto de Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), publicou um decreto que determina que supermercados diminuem em 50% a capacidade de atendimentos no Estado.

A determinação faz parte da série de medidas de combate ao novo coronavírus.

Além de supermercados, os mercadinhos, quitandas e congêneres terão que acatar a ordem.

Para que a medida surta efeito, os estabelecimentos deverão reduzir pela metade o número de carrinhos, cestas de compras e estacionamentos.

Outro ponto do decreto que vale destacar é que os consumidores só serão permitidos a entrar nos locais se estiverem usando máscaras e com as mãos higienizadas.

No Maranhão, os casos de infectados pela Covid-19 deu um salto e bateu recorde chegando a 630. O estado também contabiliza 34 mortes pelo vírus.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Supermercados terão que diminuir atendimentos, diz decreto de Flávio Dino”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. werbeth costa

    Pode ate cumprir mas vai dobrar o preco das coisas que por sinal ja vem fazendo. O procon ma so tem forca para a barraquinha de bombons do seu ze qyando chega no Mateus chama todos de doutor sem nem saber que e a pessoa eles dizem como deve ser e o procom tipo calango so baixa a cabeca e aceita.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários