Poder

Simplício diz que voltaria a fazer “operação de guerra” para trazer respiradores ao MA

A “operação de guerra” montada pelo governo do Maranhão para trazer respiradores ao estado tem sido alvo da Receita Federal, que pretende processar os envolvidos na ação.

No final de semana, o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, foi notificado pelo órgão federal. Ele foi um gestores que estiveram a frente do transporte.

De acordo com a Receita, a retirada dos respiradores foi realizada sem o prévio licenciamento da Anvisa e sem autorização da Inspetoria Receita Federal em São Luís, órgão legalmente responsável por fiscalizar a importação das mercadorias (reveja).

Em sua conta no Twitter, Simplício Araújo comentou o caso e afirmou que fez a retirada consciente e que faria tudo de novo, se precisasse. “Fiz a retirada consciente do que estava fazendo, assim como também agi com responsabilidade e consciência ao envidar todos os meus esforços para garantir a compra dos respiradores, com a ajuda de valorosas empresas e empresários e sua chegada ao nosso estado com toda segurança. Faria tudo de novo, inclusive retirá-los a qualquer custo do aeroporto, estamos numa guerra e não vejo razão nenhuma para obediência à procedimentos burocráticos que podem demorar até meses”.

Ainda na postagem, o titular da pasta da Indústria disse que não teme qualquer tipo de repressão, pois realizou a operação para garantir respiradores à população do Maranhão.

Segundo Araújo, o transporte teve total apoio do governador Flávio Dino. “Nada temo com relação à está verdadeira operação de guerra realizada por nós para garantir respiradores ao povo do Maranhão. Eu retirei os aeroportos sim, assumi a plena responsabilidade, com total aprovação e conhecimento do Governador Flávio Dino.”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Simplício diz que voltaria a fazer “operação de guerra” para trazer respiradores ao MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Anaildo

    Então todos os atos embora ilegais são justificáveis para que vidas sejam salvas? Vou já saquear um supermercado porque já faltam alimentos aqui em casa e meus filhos não podem escaparem do covid19 e morrerem de fome…………..tudo é justificável para salvar vidas.

  2. Jaci

    A hora e a vez de Moro no encalço desses políticos corruptos!!!

  3. Joao Jr

    Ele faria de novo, por que a bolada que ele desvio foi boa.

    Esse é um dos maiores pilantras que tem nesse governo.

    Então os supermercados, lojas já podem ser saqueadas por pais de familias que perderam seus empregos, estão passando dificuldades, por que precisam sobreviver e alimentar suas casas?

    Me espanta o governador que é um ex-juiz federal permitir um secretário desse dar essa declaração.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários