Poder

Merenda escolar custará R$ 4 milhões em Imperatriz

R$ 4.044.218,97 milhões. Esse é o valor que a Prefeitura de Imperatriz vai pagar aos comerciantes do municípios para garantir o fornecimento de alimentos para a merenda escolar das unidades municipais.

De acordo com as informações divulgadas, 4 empresas deverão distribuir os gêneros alimentícios para as escolas e creches.

Do valor mencionado acima, R$ 1.387.984,82 milhão irá para pagar o supermercado Preço Bom, de propriedade de Marcelo Pereira de Brito; a quantia de R$ 1.230.870,96 milhão será destinada à empresa M.N.S. Silva e CIA, das sócias Maghali Nereida Sousa Silva e Alessandra Nereida Sousa Silva.

Já para o Comercial do Ó, de Eliane Alencar do O Loiola, a Prefeitura vai pagar o montante de R$ 1.323.947,68 milhão. E a empresa I. Soares Costa Comércio, de propriedade de Brenda Lima Costa, deverá receber R$ 101.415,51 mil.

Todas as empresas ficam localizadas em Imperatriz e atuarão no fornecimento da merenda escolar até o final de dezembro de 2020.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários