Poder

Detentos expõem situação caótica e prometem união das facções contra o governo do MA

Em um vídeo que vem circulando pelas redes sociais, detentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas expõem situações graves ocorridas dentro do sistema e denunciam abandono do governo Flávio Dino (PC do B) durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Os presos afirmam que a transparência mostrada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, comandada por Murilo Andrade de Oliveira, e Governo não condiz com a realidade vivida dentro da prisão.

Segundo os presos, há detentos com sintomas de coronavírus, como febre, dor no corpo, falta de ar e calafrios, e os casos não estão sendo informados para a família.

“A transparência que o secretário de Administração Penitenciária e o estado do Maranhão está passando está totalmente errado alegando que os presos estão sendo bem tratados , onde tem internos com sintomas de febre, garganta inflamada, calafrios, dor no corpo , falta de ar, aonde tem vários presos que estão saindo desmaiados e ficando na porcaria que eles chamam de enfermaria, onde internos que estão saindo e eles estão deixando isolados sem nem informar a própria família (sic)”, detalharam.

Em outro trecho do vídeo, os internos acusam os diretores e auxiliares penitenciários de levar a doença para dentro do presídio e de fornecerem comidas podres.

“Os próprios a trazer essa doença para dentro do nosso sistema são os diretores e esses auxiliares que trabalham na casa, onde nossa comida estão vindo podres, estragadas, estamos passando fome, o complexo inteiro está em estado de calamidade diante de toda essa situações que estão ocorrendo com nós”, acusam.

Caso não sejam tomadas medidas rápidas por parte dos órgãos competentes, os presos prometeram uma união com todas as facções criminosas do Maranhão e prejuízo de bilhões de reais ao Estado.

“Se os órgãos não tomarem uma atitude diante dessas constituições estabelecidas nesse relatório estaremos tomando nossas próprias atitudes, se for necessário levantaremos a bandeira branca com todas as facções do estado, se for preciso daremos prejuízo de bilhões para o governo do estado do Maranhão, se vocês nunca viram o poder de todas facções juntas agora vcs vão ver, pq o quebra em jogo nossas vidas não morreremos de braços cruzados por burrice do governo se for preciso pediremos o apoio de todas as facções do Brasil , se for necessário pararemos os quatro cantos do país para que vcs possam estar dando uma atenção precisa para nós, pq nós não vamos morrer aqui trancados sem poder fazer nada”.

No final da gravação, os internos fizeram outra grave denúncia de como está sendo feito o tratamento de saúde. Conforme o depoimento, os detentos estão sendo levados para enfermaria para tomar dipirona e remédios para dormir e depois retornam para a cela.

“Tá com vocês aí, tomar qualquer atitude por nós , pq aqui no complexo penitenciário de pedrinhas tá tipo assim, estão levando para enfermaria, estão dando dipirona para preso, tão dando remédio para preso dormir e voltando preso para dentro do xadrez , aonde a galera do Brasil inteiro está pegando a visão e acompanhando que já morreu um interno dentro da nossa unida de por conta desse coronavírus. Reuniremos todas forças contra o estado se for preciso”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Detentos expõem situação caótica e prometem união das facções contra o governo do MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. jonas

    Onde é que ja se viu, vagabundo mandar video ameaçando os outros aqui do lado de fora? Tinha que mandar matar essas desgraças tudo, se esses patife nao quisessem ta presos, nao sairiam por ai cometendo crime e fazendo mal.

  2. Joao Jr

    Todo mundo já sabia que esse Governo fez acordo com bandido para acabar com as rebeliões.

    Mas, onde já se viu bandido de sistema carcerário ameaçar o povo de bem, trabalhador ?

    Se não quisessem estar presos, que procurassem viver como todo pai de familia que acorda cedo pra trabalhar.

    Bando de vagabundos, marginais. Se esse video chegou aqui fora, é por que lá dentro tá tudo liberado.

    Pau nesses bandidos.

  3. Mendes Sirlandia

    Gosto da ideia das facções se unificarem em defesa da vida deles próprios mas, deveriam se unir pra abrir uma empresa e colocar todo mundo pra trabalhar, estudar, isso sim é uma valeria a pena.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários