Poder

Homem chama Edivaldo Júnior de “vagabundo” por colocar trabalhadores em risco de vida

Um homem, cuja identidade não foi revelada, criticou a decisão o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em manter o programa de pavimentação das ruas da capital.

Em um vídeo divulgado no WhatsApp, a pessoa chega a chamar o gestor e o governador Flávio Dino de “vagabundos” e classifica a atitude como absurda.

“Eu queria saber desse prefeito vagabundo, junto com esse governador comunista, que é outro vagabundo, se isso aqui é serviço essencial. Porque ele está pedindo para empresas fecharem e ele continua aqui fazendo asfalto, pensando na eleição, na indicação de alguém para prefeito”, questinou o homem.

Ele disse ainda que tem uma empresa e que está fechada levando prejuízo, pois tem que deixar os funcionários em casa, se referindo a determinação do governador em manter o comércio fechado em combate a propagação do Covid 19.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Homem chama Edivaldo Júnior de “vagabundo” por colocar trabalhadores em risco de vida”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José Iran

    A aglomeração é mínima e em local aberto.Recuperar a cidade também e serviço essencial.Imbecil esse pseudo empresário.

  2. Joao Jr

    Na peninsula é obra a toda vapor da CAEMA. Vão conseguir afundar a Pontinha da Ponta Dáreia antes de acabar a crise.

    Tem construtora também que não dispoensou os funcionários e é prédio subindo direto.

  3. Neto

    Não faz alarde gente, deixa ele asfaltar a cidade. Se Edivaldo (Ewerton/Dino) e CIA descobrirem que isso não vai nem fazer cócegas nas urnas, eles vão parar de asfaltar. Não espalhem!

  4. Joseli Martins

    Pior que isso é que o prefeito esta obrigando pessoas de mais de 60 anos a continuar trabalhando nos postos de saúde da prefeitura. A dispensa só de dará se a pessoa for no Hospital da Mulher, la onde estão sendo feitas os testes do covid-19, e trouxer um atestado de lá.

  5. junior

    Ele diz que não tem medo de prefeito e de governador mas não se identificou, esse período de pouco transito é o ideal para fazer esse trabalho de asfaltamento.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários