Poder

Escritório de advocacia que teve contrato suspenso pelo TCE movimentou R$ 6,7 milhões em Prefeituras do MA

O escritório Leite, Fagundes e Lima Sociedade de Advogados, localizado em Teresina (PI), abocanhou R$ 6.740.586,91 milhões em contratos nas Prefeituras do Maranhão.

Os dados são do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA).

O Blog do Neto Ferreira apurou que as licitações vencidas pelo escritório de advocacia piauiense foram entre o final de 2018 e o ano passado.

As Prefeituras que contrataram os serviços da empresa foram as de Imperatriz, São João dos Patos e Paraibano. Vale destacar que somente a Administração de Imperatriz celebrou dois contratos, sem licitação, que totalizaram R$ 5,7 milhões.

No dia 11 março, a Corte do TCE do Maranhão suspendeu o acordo contratual firmado entre o escritório e o Executivo de São João dos Patos por indícios de irregularidades. O valor contratual é de R$ 500 mil (reveja aqui).

A empresa é administrada pelos sócios Wallas Kenard Evangelista Lima, Gustavo de Oliveira Leite e José do Egito Fagundes dos Santos.

Veja aqui os contratos


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários