Poder

Em manifesto, Flávio Dino, Ciro Gomes, Haddad, Boulos pedem renúncia de Bolsonaro

Os principais líderes de diversos partidos de oposição se uniram de forma inédita para lançar um documento acusando Jair Bolsonaro de ser “um presidente da República irresponsável”, que agrava a crise do coronavírus pois “comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos”.

“Deveria renunciar” diz o texto, assinado pelos pelos ex-presidenciáveis Fernando Haddad (PT-SP), Ciro Gomes (PDT-CE) e Guilherme Boulos (PSOL-SP) e pela candidata a vice de Haddad, Manuela Davila (PCd0B).

O documento é endossado ainda pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), pelo ex-governador do Paraná, Roberto Requião (MDB-PR), pelo ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, e pelos presidentes do PT, Gleisi Hoffmann, do PSB, Carlos Siqueira, do PDT, Carlos Lupi, do PCB, Edmilson Costa, Juliano Medeiros, do PSOL, Luciana Santos, do PCdoB,

O texto afirma que “Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas. Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países.”.

Em outro trecho, afirma: “Bolsonaro não tem condições de seguir governando o Brasil e de enfrentar essa crise, que compromete a saúde e a economia. Comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos, aproveitando-se do desespero da população mais vulnerável. Precisamos de união e entendimento para enfrentar a pandemia, não de um presidente que contraria as autoridades de Saúde Pública e submete a vida de todos aos seus interesses políticos autoritários”.

E pede que o presidente da República seja contido: “Basta! Bolsonaro é mais que um problema político, tornou-se um problema de saúde pública. Falta a Bolsonaro grandeza. Deveria renunciar, que seria o gesto menos custoso para permitir uma saída democrática ao país. Ele precisa ser urgentemente contido e responder pelos crimes que está cometendo contra nosso povo”.

Leia a íntegra do documento aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

6 comentários em “Em manifesto, Flávio Dino, Ciro Gomes, Haddad, Boulos pedem renúncia de Bolsonaro”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Wyler

    ….

    OS 4 PATETAS……

  2. Jaci

    Mais mentiroso do que Dinóquio não existe!!!

  3. Anaildo

    Ainda sobrou essa escória no Brasil? Achei que nosso Brasil estava livre dessa doença chamada petista.

  4. werbeth costa

    meu Deus nunca vi tanta cabeça junta pensando em poder e lascar com o povo junto. 1 responde a mais de 32 inquéritos na justiça. 2 invasor de terra dos outros. um verdadeiro grileiro. 3 acha que é coronel e o irmão tenta matar os outros. 4 e a vergonha nacional que é Flávio Dino. aonde pensa que é dono do Maranhão conseguiu ser pior do que a família Sarney. a brincadeira 4 patetas.

  5. Jardene

    Só a nata da bandidagem. O invasor de propriedades alheia, o pseudo professor/poste// e a baleia dançarina.

  6. mendes

    um comunista desse Governador daqui do Maranhão, é um cú de galinha mesmo, se reúne com essa corja de vagabundos que só querem o atraso do Brasil e o que eles merecem é ser fuzilados.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários