Poder

Auxiliar penitenciário é executado a tiros na BR-135

Um homem identificado como Alberto Luís Pinheiro Diniz foi assassinado a tiros na manhã deste domingo (22) na BR-135, na região do bairro Maracanã em São Luís. A vítima trabalhava como Auxiliar de Segurança Penitenciária no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital.

De acordo com testemunhas, a vítima estava voltando do trabalho de motocicleta quando foi alvejado pelos disparos. A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) investiga o caso.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) informou que a vítima trabalhava no Circuito Fechado de TV (CFTV) do Complexo Penitenciário e por isso, não tinha contato com os presos. Além disso, a SEAP afirmou que forças de segurança foram acionadas para localizar a prender o autor do crime. (veja a nota abaixo)

Nota da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP):

“A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que o Auxiliar de Segurança Penitenciária, Alberto Luís Pinheiro Diniz, foi vítima de homicídio na manhã de domingo (22). Ele atuava como servidor no Circuito Fechado de TV (CFTV) do Complexo Penitenciário São Luís e foi morto fora do ambiente de trabalho, quando não prestava expediente.

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) está investigando o caso e as forças de segurança foram acionadas para localizar e prender o autor do crime.”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários