Poder

Índios são presos praticando assaltos dentro de reserva indígena no Maranhão

A Polícia Rodoviária do Maranhão (PRF-MA) e a Força Nacional prenderam nessa sexta-feira (31) três homens, sendo dois deles indígenas, por suspeita de assaltar um caminhoneiro que trafegava na BR-226, na Terra Indígena Cana Brava, localizada em Jenipapo dos Vieiras, a 506 km de São Luís. A região é a mesma onde dois caciques foram mortos durante atentado em dezembro de 2019.

O caminhoneiro realizou uma denúncia à polícia que iniciou uma série de buscas na região, até localizar os suspeitos dentro da reserva indígena. O trio foi preso em flagrante. Com eles, foram apreendidos a quantia de R$ 450, um celular e pertences da vítima.

De acordo com a PRF, o celular da vítima havia sido enterrado para que não fossem levantadas suspeitas sobre o assalto. Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Barra do Corda, para prestar depoimento. O caso será investigado pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Índios são presos praticando assaltos dentro de reserva indígena no Maranhão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Anaildo

    É sem graça esse tipo de exposição…… parece que falta maturidade nessa atitude de mostrar algo tão insignificante. Para que expor essas misquiarias?

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários