Poder

Quadrilha é presa após assassinar membro de facção rival na Vila Magril, em São Luís

Uma quadrilha suspeita de cometer diversos crimes foi presa pela Polícia Militar na região da Vila Magril, na região metropolitana de São Luís. O nome dos presos não foi divulgado.

Dentro da quadrilha haviam suspeitos por crimes como porte ilegal de arma de fogo, roubo qualificado, dano, lesão corporal, tráfico de drogas e homicídio.

Segundo a polícia, a prisão da quadrilha ocorreu por volta das 14h deste sábado (12) na Rua do Índio durante uma ronda pelo bairro. Um dos suspeitos, que estava com uma arma de fogo, tentou fugir ao ser abordado, mas acabou preso, assim como os outros suspeitos. Com eles, a polícia encontrou:

Uma espingarda do tipo escopeta calibre 12, dois revólveres calibre 38, uma pistola calibre 380, uma pistola calibre .40, 26 munições, três rádios comunicadores, três armas brancas, três celulares.

Todos os presos confessaram que são integrantes de facção criminosa e que estariam na região para efetuar um ataque criminoso contra um facção rival, pela disputa de território. Diante do caso, todos foram conduzidos e apresentados no plantão da Delegacia da Cidade Operária e autuados em flagrante por associação criminosa armada.

Posteriormente, a polícia também descobriu que, horas antes, os suspeitos já haviam cometido um homicídio na Vila Magril contra uma pessoa pertencente a uma facção rival. Por conta disso, todos foram novamente apresentados na delegacia e autuados pelo crime de homicídio qualificado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários