Poder

Carga de R$ 90 mil roubada de depósito em Timon é apreendida com filho de PM

Um homem identificado como Geilson Almeida da Silva, foi preso na manhã de quarta-feira (18), com cargas de roupas roubadas durante uma ação da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, no Residencial Árvores Verdes, na zona Leste de Teresina. Gleilson é filho de um policial militar lotado no 5º Batalhão da PM piauiense.

A mercadoria avaliada em R$ 90 mil foi roubada na terça-feira (17), no depósito da empresa localizada no bairro Mateuzinho, em Timon, no Maranhão. Entre os produtos tinham roupas, bijuterias, relógios, capas de aparelhos celulares e películas.

De acordo com informações, cerca de oito suspeitos chegaram no depósito vestidos fardas do Exército Brasileiro e se apresentando como funcionários da Receita Federal, ao entrar no lugar anunciaram o assalto e pediram aparelhos celulares e em seguida pegaram a carga e levaram até um caminhão de mudanças que estava estacionado na porta.

Policiais do 22º Distrito Policial (DP) receberam uma denuncia anônima informando que a carga roubada estaria na quadra 8, do Residencial Árvores Verdes.

Ao chegar no local indicado na denúncia, agentes da Força-Tarefa da SSP-PI encontraram Gleilson Almeida, a carga roubada, fardas camufladas do Exército e 15 munições de uma pistola .38. O acusado afirmou que não participou da ação criminosa e que estava apenas guardando a mercadoria.

Gleilson possui passagem na polícia pelo crime de associação para o tráfico de drogas.

O empresário que teve a carga roubada acredita que os criminosos obtiveram informações privilegiadas, pois já chegaram no local com um caminhão para oi transporte da mercadoria.

A carga foi apreendida e encaminhada para a Central de Flagrantes junto com o filho do PM, suspeito de participação do crime.

Do Meio Norte


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Carga de R$ 90 mil roubada de depósito em Timon é apreendida com filho de PM”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Anaildo

    Kkkkkkkkkkkkkkk que coisa né kkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários