Poder

SES repassa R$ 838 milhões à Emserh para gerenciamento de hospitais estaduais

Sem licitação, a Secretaria Estadual de Saúde, administrada por Carlos Lula, vai repassar mais de meio bilhão à Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

O contrato foi firmado no dia 4 de novembro e prevê o gerenciamento, a operacionalização e execução de ações e serviços de saúde na Hemomar e nos Hospitais de Câncer – Tarquínio Lopes Filho, de Barreirinhas, de Morros, de Itapecuru-Mirim, de Presidente Dutra, da Vila Luizão, de Presidente Vargas e no Laboratório Central – LACEN.

Segundo informações publicadas, a Emserh vai receber R$ 111.545.567,52 milhões para atuar nos hospitais Geral de Barreirinhas e de Morros.

Já para executar serviços no Hospital de Câncer do Maranhão Dr. Tarquínio Lopes Filho, a Empresa pública vai ganhar R$ 258.950.772,48 milhões.

A Secretaria de Saúde vai desembolsar R$ 190.323.111,12 milhões para a Emserh comandar o Hospital Regional Adélia Matos Fonseca – Itapecuru Mirim e Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra.

O gerenciamento do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão – HEMOMAR também custará cifras milionárias. O governo deverá repassar R$ 139.215.436,56 milhões à entidade, que ficará responsável pelos serviços.

A Emserh atua também no Hospitais Geral da Vila Luizão, de Presidente Vargas e no Laboratório Central. Para isso, ela vai receber R$ 138.480.465,36 milhões.

A todo, os contratos somam R$ 838.515.353,04‬ milhões. A validade dos acordos não foi divulgada.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários