Poder

Tribunal concede habeas corpus a Júnior do Nenzim, acusado de matar o próprio pai

Na manhã desta segunda-feira (7), Câmaras Criminais Isoladas do Tribunal de Justiça concederam habeas corpus a Manoel Mariano de Sousa Filho, o Júnior do Nenzim. A decisão foi por unanimidade.

O réu é acusado de planejar a morte do própio pai, ex-prefeito de Barra do Corda.

Ele estava preso desde dezembro de 2017. Segundo a polícia, o crime teve motivação a venda de gados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários