Poder

No MA, líder de grupo que aplicou golpes de R$ 50 milhões patrocinava bandas

Roniel Cardoso dos Santos

Apontado como líder de montar pirâmide finaceira milionária por meio de empréstimos consignados, Roniel Cardoso dos Santos patrocinava várias bandas no Maranhão e em outros estados do Nordeste.

“O chefe do grupo criminoso, do grupo RC, Roniel Cardoso, foi preso aqui no Rio de Janeiro, uma pessoa muito conhecida aqui no Rio e também no Maranhão, ele patrocina várias bandas no Nordeste”, disse o delegado do Rio de Janeiro, Aluísio Falcão.

Roni, como é conhecido, através de 4 empresas, lesou servidores públicos, militares e pensionistas, em R$ 50 milhões.

O esquema envolvia promessas de altos ganhos em aplicações que não existiam. As vítimas eram orientadas a contrair empréstimos em bancos ou instituições de crédito regulares e repassar esse valor à quadrilha. O dinheiro, porém, afirma a polícia, era gasto em viagens e jamais retornava.

Roniel Cardoso dos Santos foi preso em casa, no Anil, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Com ele a polícia encontrou dinheiro em espécie.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários