Poder

Juiz é encontrado morto dentro de piscina no Olho d’Água, em São Luís

Na manhã desta segunda-feira (9), o juiz da 7ª Vara Criminal de São Luís, Fernando Luis Mendes Cruz, foi encontrado morto na capital maranhense.

Segundo informações preliminares, o corpo do magistrado foi achado na piscina da residência do mesmo, que fica no bairro Olho d’Água, em São Luís, pela funcionária doméstica.

Equipes das Polícias Militar e Civil, o IML já estão no local para averiguar o caso.

O juiz foi o responsável por acolher a denúncia contra a ex-governadora Roseana Sarney, que estava sendo acusada de desvios de verbas públicas da Saúde na ordem de R$1,95 milhão.

Na época, o magistrado decidiu abrir investigação quanto aos crimes de fraude na licitação, superfaturamento de contratos e desvio de recursos para campanhas eleitorais.

O presidente do Tribunal de Justiça, José Joaquim Figueiredo dos Anjos, emitiu nota de pesar pela morte de Fernando Cruz.

“O Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, em nome dos demais desembargadores membros da Corte e da Família Judiciária Maranhense, vem externar profundo pesar pela perda do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, titular da 7ª Vara Criminal da Comarca de São Luís.

O Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos presta condolências, expressando os mais sinceros pêsames pelo falecimento do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, solidarizando-se com seus pais e familiares, desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda.”

Por meio de nota, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) lamentou falecimento do juiz.

Leia a nota na íntegra:

Com imenso pesar, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) tomou conhecimento, na manhã desta segunda-feira (9), do falecimento do juiz Fernando Cruz, titular da 7a Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís. De imediato, o presidente Angelo Santos acionou a Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça para que sejam efetuadas as averiguações preliminares das circunstâncias que ocasionaram a morte do magistrado. A AMMA lamenta o ocorrido, solidariza-se com familiares, amigos e com toda a Magistratura maranhense, abalados pela dor da perda do estimado colega.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários