Poder

Veja a função do filtro de ar do motor do carro e como fazer sua manutenção

Todo motorista sabe que o combustível é essencial para o veículo, pois sem ele o motor simplesmente não funciona. Contudo, nem todo mundo se atenta para a importância de outro elemento fundamental para que o motor possa desempenhar sua função: oxigênio.

O ar entra pelas mangueiras do motor e se mistura com o combustível, causando a combustão necessária para gerar a energia que movimenta o automóvel. E existe uma peça deste sistema que tem uma função crucial para garantir o bom funcionamento do motor, que é o filtro de ar.

Neste post, falaremos mais sobre sua importância para o carro e como você pode fazer sua manutenção para assegurar o desempenho ideal do seu motor.

Função do filtro de ar

O filtro é responsável por impedir que partículas de poeira suspensas no ar entrem no sistema do motor durante a captação do oxigênio necessário para a combustão. Quando o filtro de ar fica saturado, ele passa a obstruir a passagem de oxigênio para o motor, aumentando a quantidade de combustível que o motor precisa consumir para produzir a energia necessária para movimentar o carro. Outra consequência deste problema, além do aumento do consumo de combustível, é que a emissão dos gases resultantes da combustão torna-se contaminante, uma vez que a mistura desproporcionada de combustível e ar faz com que a mistura não seja queimada corretamente.

Se o filtro de ar estiver danificado, ele pode ocasionar ainda outro problema, que é permitir a passagem das partículas de pó para o motor. Quando isso ocorre, estas partículas começam a degradar o motor prematuramente, pois elas podem provocar avarias nos pistões e nos cilindros, exigindo um gasto bastante elevado para efetuar o reparo do sistema.

Manutenção do filtro de ar

Segundo o site autopecas-online.pt que realiza venda dessa e outras peças, a vida útil do filtro de ar do motor depende do seu tipo e das condições de operação do carro. Em média, os especialistas recomendam a substituição de filtros a cada mudança de óleo ou 10 000 – 15 000 quilômetros rodada, porém este número pode variar significativamente dependendo da marca e tipo de filtro e também dos terrenos onde o veículo é utilizado, que podem conter mais ou menos partículas de poeira no ar.

Desta forma, é indicado que o motorista fique atento a alguns sinais que podem indicar a necessidade de substituição do filtro (se ele for descartável) ou sua limpeza (se ele for lavável). Um dos indicadores de problemas no filtro de ar é a emissão de fumaça escura e opaca pelo escapamento, resultado das partículas poluentes que adentraram no motor junto com o oxigênio.

Outro indicador de que o filtro de ar não está trabalhando corretamente é a perda de potência do motor ao acelerar o veículo, o que ocorre devido à mistura desproporcional de combustível e oxigênio utilizado na combustão. Você também pode retirar o filtro de ar para verificar sua sujeira. Neste caso, agite um pouco o filtro para remover a poeira da superfície e avaliar o estado da peça, lembrando que a cor original dos filtros de ar costuma ser branca ou amarela clara. Se ele estiver muito sujo, será preciso substituí-lo ou lavá-lo.

Ao seguir as recomendações acima, você manterá o filtro de ar do seu carro funcional, evitando graves problemas mecânicas e economizando no consumo de combustível.
Com informações do site Baltop


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários