Poder

Ação Popular tenta barrar loteamento de terreno público em Mirador

O advogado Jeann Calixto Sousa Oliveira entrou com uma Ação Popular contra o prefeito de Mirador, José Ron-Nilde Pereira de Sousa, para barrar o loteamento do campo de aviação e solicitar esclarecimentos sobre o motivo de derrubar o hospital local.

Segundo a petição, o terreno foi doado em 1960 para ser utilizado como pista de pouso de avião, no entanto o gestor atual resolveu lotear a aréa alegando que a mesma não tem mais utilidades.

Ao questionar a ação de Roni Sousa, o advogado afirmou que não ficou claro como será vendido, se terá licitação, se o preço será investido em algo de interesse do município entre outras.

“Alguns vereadores já enviaram ofícios para ter um detalhamento desta questão, mas até hoje nada foi claramente explicado. Sabemos que todo bem público deve ter motivação palpável para sua desativação, coisa que não teve, ademais não tem outro campo de aviação na Cidade, e ainda que tivesse pela topografia, extensão e outros não seria viável, pois o campo tem bela localização”, explicou Jeann Calixto.

E sobre o lote que abriga o prédio do antigo hospital local, o advogado questiona a divulgação pela Prefeitura que a área seria usada para a construção do Mercado Público, depois surgiram conversas que seria a Feira Livre, mas nenhum dos projetos está em pauta e o terreno sem destino oficial.

Na Ação, Jeann Oliveira pede que anulado os atos do prefeito e multa diária.

Acessa a Ação Popular aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Ação Popular tenta barrar loteamento de terreno público em Mirador”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. marta santos

    parabens thiago

  2. Roberto

    PARABÉNS AO THIAGO CALDAS, sempre mostrando sua coragem, além de muito esclarecido, isso mesmo temos de agir contra atos Públicos sem legalidade. parabens ao seu advogado.

  3. LUCAS

    Parabéns DRº Caldas

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários