Poder

Construtora do grupo WR faturou R$ 12,2 milhões em contratos em Prefeituras do MA

O dono do grupo WR, Welker Carlos Rolim, vem utilizando várias empresas para faturar cifras milionárias em Prefeituras do Maranhão.

Levantamento feito pelo Blog do Neto Ferreira apurou que somente com Almeida Comércio e Serviços Ltda o empresário movimentou R$ 12.220.199,89 milhões entre os anos de 2017 e início de 2019 em Administrações Municipais.

Na Prefeitura de Santana do Maranhão, a construtora, que também figura como sócia a esposa de Rolim, Berg-Landia Almeida, ganhou dois contratos que somaram R$ 2.680.260,00 milhões em 2017. Já em 2018, faturou mais um na quantia de R$ 680.400,00 mil.

Em 2017, a Almeida Comércio faturou outro acordo contratual, agora, na Raposa, que é comandada por Talita Laci. O valor girou em torno de R$ 481.785,96 mil. Já em 2019, a empreiteira voltou a ser contratada pelo Município pelo montante de R$ 1.499.923,93 milhão.

No ano passado, a Câmara de Paço do Lumiar também contratou a empresa de Rolim por R$ 110 mil.

A pesquisa identificou outro contrato na cidade luminense. A Prefeitura, que está sob o comando de Domingos Dutra, celebrou um acordo no valor de R$ 6.405.600,00 milhões com a empreteira em 2018.

Em Santo Amaro, a Almeida atuou no passado lucrando um contrato de R$ 362.230,00 mil.

As contratações visaram locações de veículos pesados, obras de praças e logadouros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Construtora do grupo WR faturou R$ 12,2 milhões em contratos em Prefeituras do MA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Clauber

    Ligação com muitas prefeituras. Isso é normal?

  2. Magno

    Isso não é normal, conheço pessoas honestas e idôneas que queriam trabalhar oferecendo seus serviços justos na Raposa e não teve espaço porque lá tem uma QUADRILHA, que contratou os serviços ESPÚRIOS, desse senhor dono dessas empresas, AGIOTA, VENDEDOR DE GASOLINA ADULTERADA DO POSTO PIRAMIDE ARAÇAGY, as bombas de lá tem um dispositivo que diminui a quantidade de combustível colocado no tanque de quem for abastecer, bem na frente do posto do outro lado fica um terreno cheio de caminhões e carros fruto da divida não paga de seus credores, ENFIM O WELKER, se adapta as necessidades dos seus contratantes abrindo qualquer tipo de empresas e fazendo o cartel de licitações a POLICIA FEDERAL E A GAECO so podem ser amigos dele, pq fazem vista grossa a essa toda ROUBALHEIRA .

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários