Poder

Assembleia gastou quase meio milhão com diárias para deputados em 2018

A Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA) gastou quase meio milhão com diárias para deputados estaduais no ano de 2018. Os dados são do Portal da Transparência.

Levantamento do Blog do Neto Ferreira apurou que as cidades mais visitadas pelos parlamentares maranhenses foram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Teresina, diversos municípios do interior do Maranhão e China, viagem está fora do país.

O deputado que mais fez uso do benefício cujas viagens custaram R$ 59,2 mil aos cofres públicos foi Rigo Teles. Em segundo aparece o ex-deputado Stênio Resende com R$ 47,2 mil, Rogério Cafeteira e Glaubert Cutrim, ambos gastaram R$ 32 mil.

Também se beneficiaram com o pagamento de diárias outros que foram reeleitos e ex-deputados, a exemplo de Sérgio Frota com R$ 23,2 mil, Andréa Murad (MDB) com R$ 22,4 mil; Léo Cunha (PSC) com R$ 18,4 mil; Wellington do Curso (PSDB) com R$ 18 mil; Othelino Neto (PCdoB) com R$ 17,6 mil; Ana do Gás (PCdoB) R$ 13,6 mil; César Pires com R$ 12,4 mil; Edson Araújo com R$ 12 mil; Levi Pontes com 12 mil; Edilázio Júnior com R$ 11,2 mil; Raimundo Cutrim (PCdoB) com R$ 10,4 mil; Fábio Macedo (PDT) com R$ 9,6 mil; Cambo Campos com R$ 8,8 mil e Antônio Pereira (DEM) com R$ 8 mil, Zé Inácio (PT) com R$ 7,6 mil, Max Barros e Edvaldo Holanda com R$ 5,6 mil, cada um.

A pesquisa veirificou ainda os deputados que menos solicitaram o benefício. Entre eles estão Hemetério Weba, que usou R$ 1,6 mil em seus deslocamentos. Logo em seguida aparece Carlinhos Florência, Roberto Costa, Marcos Caldas e Vinícius Louro, cada um gastou R$ 2,4 mil. Ricardo Rios usou R$ 3,6 mil com diárias, Rafael Leitoa R$ 4,8 mil, Fernando Furtado com R$ 4 mil.

Ao todo, foram gastos com viagens dos deputados em 2018 cerca de R$ 410.400,00 mil. 15 parlamentares não usaram diárias.

Os servidores públicos também entram na lista das diárias. Com eles, a Assembleia gastou R$ 524.130 mil.

De acordo com os dados, R$ 934.530,00 mil saíram dos cofres públicos para custear viagens dos parlamentares e funcionários da Casa Legislativa durante o ano passado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários