Poder

Sem licitação, governo Flávio Dino contrata a OI por R$ 10,8 milhões

Em caráter emergencial, o governo Flávio Dino (PCdoB), por meio da Secretaria de Governo (SEGOV), contratou a Telemar Norte Leste S/A – Telefonia OI, por cifras milionárias.

O contrato, que foi assinado no dia 28 de dezembro de 2018, prevê a prestação de serviços técnicos de empresa especializada em serviços de acesso à internet, Link´s de dados (terrestre/satélite) por 180 dias.

O valor contratual é de R$ 10.808.939,28 (dez milhões, oitocentos e oito mil, novecentos e trinta e nove reais e vinte e oito centavos). Por mês, a telefonia, que tem como sócios Eurico de Jesuus Teles Neto, Carlos Brandão, José Gonçalves e Bernardo Winik, vai faturar R$ 1,8 milhão no governo.

Recuperação judicial

No dia 3 de dezembro, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, suspendeu os efeitos de liminar que impedia as empresas Oi S.A., Telemar Norte Leste S.A. e Oi Móvel S.A. – que estão em recuperação judicial – de retornar às atividades e participar de licitações até a apresentação de certidões negativas fiscais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Sem licitação, governo Flávio Dino contrata a OI por R$ 10,8 milhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Marcinho

    O Governador idolatra o ladrão presidiário Lula é uma forma de se aproximar através da empresa que tem um dos rebentos milionários, sócio, da noite pro dia com dinheiro de lavagem do governo federal.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários