Poder

Eletricistas fazem protesto em São Luís após morte dos funcionários da Cemar

Na manhã desta sexta-feira (18), trabalhadores da Consórcio Norte, que presta serviço para a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) realizam um protesto na sede da empresa Consórcio Norte Enegnharia, no bairro Santo Antônio.

A manifestação ocorre após o assassinato de dois funcionários no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, na terça-feira (15).

Dentre os itens da pauta de reivindicações, a categoria pede o fim da operação que coloca trabalhadores para realizar corte de energia elétrica durante a noite ou busca por fraudes de energia durante a madrugada.

Segundo a categoria, estas situações põem em risco a vida dos trabalhadores. Eles também pedem reajuste do piso salarial e o vale-refeição.

Nota de esclarecimento

Sobre o movimento realizado pelo SINDCONSTRUCIVIL na manhã da sexta-feira, 18, o Consórcio Norte Engenharia, empresa prestadora de serviços para a Cemar, esclarece que o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT, será discutido com o referido sindicato a partir do recebimento da pauta, considerando a data base da categoria.

Vale destacar que a o Consórcio Norte Engenharia emprega no Maranhão cumpre rigorosamente com os contratos de trabalho e com o pagamento do piso da categoria, inclusive praticando valores acima da média no estado, além de manter benefícios como: vale alimentação, plano de saúde, vale transporte, além de remuneração variável, considerando as campanhas de incentivo à produtividade.

Diferente do declarado, não existe estabelecimento metas para realização de cortes e/ou fiscalização.

Ações específicas, como o projeto Sol Nascente (fiscalização em unidades consumidoras, com deficiência técnica, sem abordagem da equipe) e a atividade de Recorte (ação de desligamento de unidades consumidoras autoreligadas, ou seja, à revelida, sem o devido pagamento do débito), são realizadas conforme as regras definidas pela Aneel e, por equipes especializadas e em horários diferenciados. Vale destacar que a jornada de trabalho dessas equipes obedece as regras da legislação trabalhista. Os projetos e ações específicas, sempre que necessário, também são reavaliadas.

Convém informar que o registro da jornada de trabalho dos colaboradores é realizada por meio de dispositivo eletrônico.

Por fim, em relação ao duplo homicídio dos nossos dois colaboradores João Victor e Francivaldo, a Empresa Consórcio Norte Engenharia reafirma que acredita no aparato das forças de segurança pública do Maranhão e continua acompanhando e colaborando com o trabalho de investigação da polícia que deverá identificar o(s) autor(es) e a(s) causa(s) dos homicídios.

Consórcio Norte Engenharia


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários