Poder

Após assassinato, homem é flagrado furtando celular de funcionários da Cemar

Após o assassinato de dois funcionários da Companhia Energética do Maranhão (CEMAR), um homem foi flagrado furtando um aparelho celular do interior do veículo.

As imagens mostram o exato momento que o homem, cuja identidade não foi revelada, se aproxima e pega um aparelho dentro do carro.

Entenda o caso

Dois prestadores de serviço da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) identificados como João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva foram executados na manhã desta terça-feira (15), no bairro Sítio Natureza, em Paço do Lumiar.

De acordo com as primeiras informações da polícia, as vítimas teriam ido até o local realizar a interrupção de energia elétrica em uma das residências e após a realização do serviço, eles foram surpreendidos por disparos de arma de fogo quando já estavam no veículo da empresa.

Até o momento ninguém foi preso.

A Companhia Energética do Maranhão se pronunciou sobre o caso e disse que irá acompanhar e colaborar com as investigações do homicídio.

Nota de Esclarecimento

A Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informam que irão acompanhar os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais do homicídio ocorrido na manhã desta terça-feira (15), no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, vitimando os colaboradores João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

Cabe esclarecer que a Companhia e o Consórcio Norte irão acompanhar e colaborar com o trabalho de investigação da polícia, que deverá identificar as causas que levaram ao homicídio.

Neste momento as empresas lamentam e se solidarizam com os familiares e estão empenhadas em prestar toda assistência necessária.

Assessoria de Imprensa da Cemar


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Após assassinato, homem é flagrado furtando celular de funcionários da Cemar”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. marcio de lima de diniz

    agora mim fala pra que libera arma de fogo o povo precisa e de educação e saúde

  2. Naldo Costa

    Em resposta a esse comentário pífio do sr. Marcio de Lima, quero lhe falar se esses dois funcionários estivessem armados esse pilantra que seifou a vida deles, teria medo de levar um tiro na testa, como ele e outros vagabundos sabem que quem só anda armado com excessão da polícia é so marginal ai ficou muito fácil pra ele realizar a delito.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários