Poder

Assassino do professor André Arouche é condenado em São Luís

Foi condenado a 27 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, Sávio Gomes Fonseca, apontado como o autor dos dois disparos contra o professor André Arouche Fontoura, que era funcionário do Ministério Público do Maranhão e professor de economia em um Instituto de Ensino Superior em Paço do Lumiar.

O fato ocorreu no dia 29 de dezembro de 2017 na Avenida Jeronimo de Albuquerque no bairro do Bequimão, em São Luís, durante uma tentativa de assalto que segundo a polícia, André estava de moto e parou em um semáforo quando foi abordado por Sávio e um adolescente. A dupla chegou de moto e queria roubar a moto de André, que era maior e mais potente.

No momento houve briga corporal e André recebeu um tiro na nuca. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. Os autores do crime fugiram sem levar a moto de André. Dias depois, o adolescente foi apreendido e Sávio foi preso no residencial Vitória, na Forquilha, em São Luís.

Sávio já havia sido preso em uma outra ocorrência e fazia apenas um mês que ele tinha conseguido a liberdade. Além de ter três passagens na polícia por homicídios e uma por tráfico de drogas.

Segundo o Ministério Público do Maranhão, a sentença de Sávio referente a esta terça (23) também é relativa a um assalto praticado momentos antes do crime contra André, em uma loja no bairro da Cohab. A Justiça também o condenou por corrupção de menores.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários