Poder

59% dos brasileiros dizem não saber em quem votar ou vão anular o voto

A alta insatisfação com a corrupção e o descrédito com a classe política fazem com que a parcela dos eleitores com intenção de votar em branco ou nulo e a de indecisos seja a mais alta das últimas cinco eleições. Questionados de forma espontânea sobre o candidato que vai ganhar seu voto – sem apresentar uma lista de candidatos – 31% dos entrevistados disseram que vão votar em branco e 28% não souberam ou não quiseram responder à pergunta, o que indica indecisão. Quando apresentados a uma lista de candidatos, 59% apresentaram uma escolha, mas apenas 27% dizem que não vão mudar a opção por estarem convictos.

Para tomar a decisão, 84% dos eleitores vão se informar pela imprensa (TV, rádio, jornais e revistas e sites de notícias) e 26% vão utilizar as redes sociais – é possível apresentar mais de uma opção como fonte de informação. Mas só 5% dos brasileiros disseram que vão utilizar as redes sociais como única fonte de informação, segundo a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Eleições 2018, divulgada nesta quinta-feira (2/8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), e feita em parceria com o Ibope.

Jair Bolsonaro é o candidato com maior número de eleitores convictos de que não mudarão de voto, entre os quatro primeiros colocados na pesquisa, em cenário sem o ex-presidente Lula. Dos entrevistados que disseram que vão votar em Bolsonaro, 34% disseram que a decisão é definitiva e que não mudará de jeito nenhum. Os percentuais dos que estão convictos caem para 26% no caso de Ciro Gomes, 23% entre os eleitores de Geraldo Alckmin e 22% dos eleitores da Marina.

“O eleitor não encontrou aquele candidato que ele sonha. A decisão vai acontecer muito mais próxima da eleição que nas eleições anteriores. A gente percebe que a maioria dos eleitores não conhece os candidatos e suas propostas. Até entre os que já escolheram candidatos, ainda há alguma indecisão”, afirma o gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca.

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas entre os dias 21 e 24 de junho, em todo o país, e detalha informações por perfil do eleitor da pesquisa de intenção de votos divulgada em 28 de junho. A pesquisa apontou que em um cenário com Lula como candidato, o ex-presidente lidera com 33% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (15%) e Marina (7%). Nesse caso, Ciro e Alckmin aparecem com 4% das intenções. Sem Lula na disputa, os melhores colocados são: Jair Bolsonaro (17%), Marina Silva (13%), Ciro Gomes (8%) e Geraldo Alckmin (6%).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários