Poder

Exclusivo: PM diz que secretário de Segurança mandou envolver deputado e delegados no contrabando

Soldado Paiva, durante audiência com juiz federal. Na ocasião, o militar fez relatos bombásticos.

Soldado Paiva, durante audiência com juiz federal. Na ocasião, o militar fez relatos bombásticos.

Na tarde de segunda-feira (16), o soldado da Polícia Militar Fernando Paiva Moraes Júnior, 25 anos, preso no esquema de contrabando, levou ao conhecimento do juiz federal substituto, Luís Regis Bomfim Filho, da 1ª Vara Federal Criminal, uma bomba atômica que explodirá o sistema de segurança pública do Maranhão.

Durante oitiva, o policial fez relatos estarrecedores ao magistrado, conforme vídeo obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, sobre uma trama orquestrada pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, para envolver um deputado estadual e outros dois delegados de Polícia Civil na organização criminosa especializada no contrabando de cigarros e descaminho de bebidas para São Luís.

Aos 02:52 do vídeo de quase 30 minutos, o militar relata que foi coagido pelo secretário para aceitar o acordo de delação premiada no Ministério Público Federal do Maranhão. Paiva, também, afirma aos 6 minutos do vídeo que Portela tentou colocar na cena do crime o deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) e os delegados Thiago Bardal e Ney Anderson Gaspar, sendo este genro da desembargadora Anildes Cruz.

“Ele queria o tempo todo que eu dissesse que o delegado Thiago Bardal estivesse dentro do sitio, ele queria que eu dissesse que o delegado Raimundo Cutrim, que é o atual deputado tivesse dentro do sitio também. Ele queria que eu falasse, por ele, eu podia contar a historia mais mirabolante que fosse mais envolvendo eles, entendeu, a historia mais convincente possível, mas inserindo essas pessoas. O delegado Ney Anderson que eu não conheço eu não conheço o deputado Raimundo Cutrim e também não conheço o delegado Bardal”.

Diante do juiz Luís Regis Bomfim Filho, a quem não homologou a delação, o militar se mostrou insatisfeito no acordo de colaboração e alegou que não poderia inserir pessoas que ele não conhece em um contexto de briga política.

O soldado Paiva disse que não foi ameaçado de morte, porém, foi forçado a escrever em uma folha de papel chamex que estava sofrendo ameaças, informação esta completamente diferente do que diz a nota dos procuradores da República no Maranhão (PR/MA), Juraci Guimarães Júnior, José Raimundo Leite Filho e Marcílio Nunes Medeiros (reveja) a qual alegou que o militar foi levado para o MPF por ser ameaçado. O militar diz que os procuradores ofereceram em troca da delação os benefícios do perdão judicial, requerer revogação da preventiva, deixar de oferecer denúncia a eventuais novos contextos e de propor ação de improbidade administrativa.

A reportagem procurou a Secretaria de Segurança e os procuradores da República para se manifestarem, mas não teve exito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

13 comentários em “Exclusivo: PM diz que secretário de Segurança mandou envolver deputado e delegados no contrabando”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Ouvinte

    Só dá pra ouvir com fone de ouvido, mas acho tudo isso um absurdo!
    Gente que secretário de segurança é esse???
    Nossa, nosso governador está bem servido de secretário de segurança. Está pior de quando era Roseana.

  2. Roni

    A única coisa que resta agora pra Flávio Dino nesse turbilhão de escândalos, é se aconselhar com José Sarney sobre o que fazer agora.

  3. Marines009 Carvalho

    Orientação medíocre do Advogado agora..incriminar Portela..MPF sabe trabalhar..graças à Deus!

  4. Maurício Andrei

    O sistema dos agentes políticos (políticos, judiciário e MP) no Brasil é doente e pode ser considerado analogicamente ao vírus da AIDS, não se chega a cura, apenas coquetéis paliativos, pois essa doença (corrupção) está inserida em tudo, no macro e no micro, pois o poder econômico e os agentes públicos agem juntos de forma a perpetuar um esquema que se autoalimenta. Não existe ideologia, esquerda ou direita, quem tá no poder quer botar o moinho para girar, esse é o padrão, é quem não adere ou faz vista Grossa, é expelido, descartado, não vinga. Se assemelha a política do cafe-com-leite, acordo firmado entre as oligarquias estaduais e o governo Federal durante a República velha para que os presidentes fossem escolhidos entre políticos de São Paulo e Minas Gerais. Pessoas que tem ideais, que tentam fazer o correto penam para sobreviver, são perseguidos. O sistema sorrir de pessoas assim, cavam sobre elas. E importante quando vemos jovens delegados que ainda abrem investigações contra grandes corporações, membros do legislativo, executivo e judiciário, em todos os níveis, aí percebe-se que a epidemia ainda não contaminou a todos. Se o Brasil fosse um país justo, é as pessoas que trabalham com dedicação fossem respeitadas, se houvesse justiça divina e o bem sempre vencesse o mal, só que isso não acontece, pois o Brasil não é um país sério. As vezes penso que todo esforço é em vão, que no final das contas não vai dar em nada, mas não podemos desistir, temos que continuar lutando, mesmo que o preço seja alto e no final a gente perca. Hoje o Maranhão vive em um Estado Totalitário, pior que o regime de Hitler e Mussolini. Basta analisar os atuais acontecimentos , na área da saúde, onde mais uma pessoa recorreu ao suicídio por conta da pressão da atual ditadura e, aínda o Secretário de Saúde, entra com dois HC com intuito de barrar as investigações e desqualificar os trabalhos da Polícia Federal; A Polícia Militar sendo usada pior que a Polícia da Ditadura dos anos 70, apenas para perseguir oposicionistas. E por fim o Secretário de Segurança em conluio com membros do Ministério Público Federal, dentre eles Juraci Guimarães, retiraram um dos investigados do suposto bando de contrabando num final de semana sem seus defensores constituídos, negando a entrada de advogados e membros da OAB, torturando psicologicamente o acusado para falar inverdades e citar nomes de pessoas sérias, como o Delegado Ney Anderson, com o objetivo de desacreditar tal Delegado que segundo informações sabe das ilegalidades desse governo como ninguém, que mesmo sendo pressionado, não citou o nome do referido delegado na delação que não foi homologada. Segundo informações esse Delegado é um arquivo vivo, e daí o motivo da perseguição, não entendo pq esse Delegado que conforme soube sabe de todas as ilegalidades do atual governo não se manifesta. Cabe trazer outra informação é que o Procurador da República, Juraci Guimarães é casado com Lilian Guimarães, secretaria da SEGEP, DO Governo Flávio Dino, é essa senhora vem cometendo várias ilegalidades ao longo do tempo. Fica a pergunta pq o membro do MPF não investiga a própria esposa???? É UMA imoralidade o Ministério Público ter essa prerrogativa processual, onde um promotor ou procurador da República só pode ser investigado por sua própria instituição, “é como se só eu pudesse investigar meu irmão”, ou seja, não vai dar em nada. Pela falta de respeito aos direitos humanos e a parcialidade e ilegalidades daqueles responsáveis pela persecução penal só resta a busca do IDC, INCIDENTE DE DESLOCAMENTO DE COMPETÊNCIA, ou seja a federalização das investigações para proteger direitos humanos que estão sendo atropelados, esmagados, flagrantemente violados em nosso Estado atualmente ou talvez caso de intervenção…

  5. Célio Brás

    Delegado Jefferson Portela, é melhor pedir para sair! Tchau querido! Dessa vez vossa excelência foi longe demais!

  6. Bolsonaro Jr

    Isso é que dá colocar comunista em GOVERNO. COMUNISMO NUNCA DEU CERTO EM QUALQUER QUE SEJA O LUGAR DO MUNDO.

  7. Patrícia Silva

    Tenho acompanhado essa situação e custo acredito no envolvimento de Tiago Bardal , Sempre foi um Delegado correto , desde o início a história está muito estranha . Sem ser ouvido foi exonerado de seu cargo pela televisão , pelo secretário de Segurança, até o momento esse mesmo secretário vem fazendo de tudo para manter Bardal preso, não tem nenhuma prova , só suposições, colocada pelo Secretário….. Qual o motivo ? Pai de família com uma excelente carreira que em dezembro foi condecorado como um dos 10 melhores delegado do Brasil no mês de dezembro de 2017 . Agora Vem sendo tratado como bandido , preso , sem provas ….. Posso estar engana, mas queria muito ver provas concretas , não as plantadas por esse secretário. Esse Brasil está perdido.

  8. Andreia

    Assim que Jefferson resolve seus problemas mesmo. Coagindo, amedrontando e ameaçando. Ele não tem provas, mas tenta envolver pra mostrar que seu conceito é o certo. O mundo estava errado. Enquanto Flávio não tirar este secretário do poder irá apanhar muito. Deixou de ser candidato pra proteger o governo, mas não adianta. Candidato ou não, ele é o câncer do governo Flávio Dino. Ele e toda a corja de assessores diretos dele, que humilham e Tb ameacam inclusive funcionários.

  9. Manoel

    Vamos esperar ver….. a cara no final de quem …. está escutando música neste vídeo… eu nunca vi isto em filmagem no vídeo da justiça.

  10. silvana Portela

    Sr.secretario de seguranca vc e uma farça ate pra sua familia

  11. Magnussen

    Flávio Dino + Jefersson Portela= ARROGÂNCIA

  12. Josias Coimbra Jr

    Eu não acredito nisso

  13. LEO SILVA COSTA

    FOGO AMIGO….ASSIM DEVE SER CHAMADA MAIS UMA ARMAÇÃO CONTRA O DELEGADO FEDERAL APOSENTADO E ATUAL DEPUTADO ESTADUAL RAIMUNDO CUTRIM (PCdoB).
    QUE CUTRIM É “PERSONA NON GRATA” NO PARTIDO DO GOVERNADOR, DISSO NINGUÉM TEM DUVIDAS, POR MOTIVO FÁCIL E SIMPLES, BASTA VÊ OU OUVIR SEUS DISCURSOS NA TRIBUNA DA ASSEMBLÉIA, EM SUA MAIORIA VÃO CONTRA OS AUXILIARES DO GOVERNO, QUANDO NÃO DIRETAMENTE ALFINETAM O PRÓPRIO FLAVIO DINO. MAS SÓ FAZ ISSO, QUEM NÃO TEM RABO PRESO. 41 DEPUTADOS, INCLUINDO A OPOSIÇÃO, JAMAIS TERIAM A DISPOSIÇÃO E CORAGEM DE DIZER 10 POR CENTO DO QUE DIZ CUTRIM SOBRE OS GOVERNO. (FOI ASSIM COM JACKSON LAGO, ROSEANA SARNEY E AGORA COM FLAVIO DINO).

    A CAMINHO DO QUARTO MANDATO DE DEPUTADO ESTADUAL, CORRE O RISCO DE PERDER A CADEIRA POR CAPRICHO DOS PRÓPRIOS “ALIADOS”.

    CUTRIM FEZ GRAVES DENUNCIA CONTRA MEMBROS DO GOVERNO, AO REVELAR QUE SECRETÁRIOS ESTAVAM COOPTANDO LIDERANÇAS POLITICAS EM TROCA DE VOTOS COM RECURSOS DAS SECRETARIAS DAS QUAIS ERAM TITULARES COMO “SAGRIMA, SAF, SEDES” E OUTRAS. O GOVERNADOR FEZ OUVIDO DE MERCADOR. SEUS SUBSTITUTOS, CONTINUO “TRABALHANDO” EM FAVOR DOS EX-TITULARES E AGORA CANDIDATOS A UMA CADEIRA NO LEGISLATIVO ESTADUAL E FEDERAL.

    ESSE É O GOVERNO DE TODOS NÓS PECADORES!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários