Poder

Deputado Cabo Campos é enquadrado na Lei Maria da Penha após espancar a mulher

Casado há 24 anos e pai de dois filhos, o deputado estadual Cabo Campos (PP), foi enquadrado na Lei Maria da Penha, depois de ter agredido sua esposa Mayra José Brandão Marques Campos.

Atendendo a pedido da delegada Edeildes Nascimento Pereira, a juíza da 2ª Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar conta Mulher, Lúcia Helena Barros Helluy da Silva, determinou medidas protetiva e uma delas é a suspensão da posse de arma do parlamentar.

De acordo com a decisão do dia 7 de fevereiro, a magistrada também fixou limite mínimo de distância entre agressor e vítima, 90 dias de medidas protetivas, que refere-se a Lei Maria da Penha.

Obtido pelo blog do Neto Ferreira, o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia da Mulher relata que, Cabo Campos agrediu de forma brutal sua esposa no dia 04 de fevereiro, por volta das 12h, que arrancou o aparelho ortodôntico da vitima. O parlamentar nega as acusações e diz que é vitima de questões política.

Agressão Contra Mulher
Em 2017 foram registrado 47 casos de feminicídio, que é o Crime Violento Letal Intencional (CVLI) contra a mulher (só pelo fato de ser do sexo feminino), foram registrados no Maranhão até o dia 24 de dezembro de 2017, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-MA).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Deputado Cabo Campos é enquadrado na Lei Maria da Penha após espancar a mulher”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Burro

    Povo burro. Ainda vai conseguir anular essas medidas.
    A juíza n tem competência pra fazer isso. Cabe ao Tribunal fazê-lo.

  2. suel

    saber o que realmente aconteceu, outro dia foi filha dele passa mais uns dias é irma agora esposa o que vem agora a mae dele ??!!! saber realmente o que aconteceu é um dos políticos mais carismáticos e atenciosos e atuante da assembleia

  3. Marlom soares

    Vai saber oq ela fez também ne ninguém não apANHA ATOA NÃO

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários